A Mensagem para o Ano Nacional Mariano

Depois de conhecermos as histórias de Aparecida e Fátima, separadas no tempo por 200 anos, vemos que realmente existe um vínculo espiritual que une Brasil e Portugal. Sendo assim, neste Ano Mariano, podemos olhar para a história dos 300 anos de Aparecida e dos 100 anos de Fátima e vislumbrar uma mensagem de Nossa Senhora para o mundo.

Somos chamados a pensar na figura do escravo e perceber que Nossa Senhora quer nos libertar de uma escravidão muito pior, que é aquela que nos submetemos por causa do pecado. Por causa deste, tornamo-nos escravos não de um senhor feudal, mas dos demônios. E é exatamente dessa escravidão que a Santíssima Virgem quer nos livrar.

A mensagem de Fátima nos ajuda a compreender que a devoção a Virgem Maria é o instrumento que a Providência divina enviou para nos livrar de outra escravidão: os erros de uma sociedade sem Deus.

Assim, encerremos este mês de outubro que será marcado pelo Ano Nacional Mariano, pelos 300 anos de Aparecida e pelos 100 anos de Fátima – com a firme resolução de nos libertar do pecado, que nos torna escravos de mau, e de assumir uma terna devoção a Nossa Senhora. Dessa forma, certamente 2017 continuará sendo um ano abençoado, no qual presenciaremos muitos milagres, conversões e libertações, como aconteceu em 1717, em Aparecida, e em 1917, em Fátima.

COMEMORAÇÕES DE ENCERRAMENTO DO ANO MARIANO EM NOSSA COMUNIDADE

Na Igreja de St. Paul em Colónia teremos também momentos celebrativos para encerramos, com muita devoção e espiritualidade o Centenário de Nossa Senhora de Fátima e de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida.

Dia 12 de Outubro 2017 – Quinta-feira

às 19h na Igreja de St. Paul: Benção seguida de Procissão das Velas e Reza do Terço Luminoso

Dia 13 de Outubro 2017 – Sexta-feira

às 19h30 na Igreja de St. Paul: Santa Missa em honra de Nossa Senhora de Fátima

Dia 15 de Outubro 2017 – Domingo

às 11h na Igreja de St. Paul: Santa Missa em honra de Nossa Senhora Aparecida, seguida de Convívio Paroquial na salão paroquial.

Venham todos participar tanto das celebrações religiosas quanto da parte festiva em comemoração e honra à Nossa Senhora de Fátima e Aparecida! Uma alegria partilhada é também multiplicada!

Ó Virgem Maria, Mãe de Deus, rogai por nós!