Pastoral Litúrgica

A Pastoral Litúrgica é formada por leigos que se dispõem, sob orientação do pároco, a preparar, realizar e avaliar as celebrações. Pode-se dizer que todas as pastorais brotam da liturgia e para ela convergem. A liturgia deve dinamizar todas as pastorais entre si. Ela é fonte de vida para a comunidade. É “a ação organizada e corajosa da Igreja para levar o Povo de Deus à participação consciente, ativa e frutuosa na Liturgia”. É o serviço para animar a vida litúrgica, levando em conta o contexto social, histórico, cultural e eclesial das comunidades, tendo em vista a participação ativa, consciente e plena de todos na celebração, para dela colherem os frutos espirituais”.

A pastoral litúrgica organiza-se tendo como referência os momentos fortes do Ano Litúrgico (Advento, Natal, Quaresma, Semana Santa, Tríduo Pascal, Páscoa, etc), acontecimentos importantes da história da comunidade (data da fundação, início da catequese, etc), celebração dos Sacramentos, privilegiando o Domingo como dia da Ressurreição, da Palavra, da Eucaristia e da comunidade. As liturgias bem celebradas conduzem as pessoas a viverem o Mistério Pascal de Cristo, por meio dos símbolos e dos ritos. Para ingressar nesta Pastoral, o leigo passa por encontros de formação, que o fazem compreender e exercer com consciência sua função.

• EQUIPE DE CELEBRAÇÃO

É um subgrupo da Pastoral Litúrgica encarregado de:
• Preparar, com certa antecedência, as celebrações, de forma criativa, simples, alegre, acolhedora, participativa e adaptada à cultura e à experiência religiosa da comunidade;
• Organizar o espaço celebrativo de modo agradável, acolhedor e orante;
• Preparar tudo o que for necessário para uma determinada forma celebrativa;
• Prever os diferentes elementos e momentos da celebração, tendo em vista a integração entre o mistério celebrado e a vida das pessoas;
• Distribuir corresponsavelmente as diversas funções e serviços;
• Preparar-se técnica e espiritualmente para o desempenho competente das funções litúrgicas, tendo em vista a participação ativa da assembleia;
• Executar ritualmente o que a equipe preparou e/ou auxiliar na execução dos elementos rituais;

A equipe de celebração, em nossa Comunidade, está sendo formada. A este grupo será dada a formação necessária para que, a partir de janeiro de 2018, inicie-se sua participação junto ao pároco.

• MINISTROS EXTRAORDINÁRIOS DA SAGRADA COMUNHÃO (MESC)
“Eu vivo, mas já não sou eu quem vivo, pois é cristo que vive em mim” (Gl 2,20)
O Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC) foi aprovado e regulamentado após o Concílio do Vaticano II (1962-65) por entender que seria importante para a igreja a participação do leigo junto ao ministério ordenado. Quem o recebe continua sendo leigo, na igreja e no mundo, mas com a missão de auxiliar o padre (ordenado) em situações necessárias durante as missas, e em visitas e comunhão aos enfermos em suas casas e hospitais.
O MESC deve ser escolhido pelo padre por sua boa conduta e participação na vida em comunidade com profunda devoção a Jesus eucarístico, viver intensamente a pastoral da acolhida e estar unido a Cristo e aos irmãos na vivência dos mandamentos da lei de Deus, da Igreja e dos Sacramentos.
O Grupo dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, em nossa Comunidade, está sendo formado. A este grupo será dada a formação necessária para que estes leigos assumam sua função junto ao pároco. Em janeiro de 2018, teremos cerca de seis Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão instituídos em nossa Comunidade.

• EQUIPE DA ACOLHIDA
“Por isso, acolhei-vos uns aos outros, como Cristo vos acolheu para a glória de Deus”. (Rm 15,7)

A grande missão da Pastoral da Acolhida na Comunidade é receber a todos com muita alegria e solicitude, com o rosto acolhedor de Jesus e com o imenso amor de Maria! O objetivo principal é que durante as missas, celebrações e convívios todos se sintam devidamente acolhidos e parte da comunidade.

O acolhimento também acontece nos momentos em que se precisa de um direcionamento para as crianças iniciarem a Catequese, jovens iniciarem os encontros do Crisma, em Batismos, Casamentos, Missas, Romarias, enfim, qualquer auxílio necessário na dinâmica da Comunidade. A Pastoral da Acolhida ajuda a receber todos que buscam a igreja.

É importante que a Pastoral da Acolhida esteja presente em todos os momentos de comunidade, pois ela dá força a todas as ações desenvolvidas neste âmbito. Os integrantes da pastoral realizam atividades como recepcionar a assembleia no início da Santa Missa, auxiliar aqueles que vêm em busca de informações/orientações, fazer encaminhamento de relatos de problemas ou solicitações aos devidos responsáveis, organizar a igreja para as celebrações, auxiliar com as crianças durante as celebrações e festividades, auxiliar nos momentos da Eucaristia aqueles com necessidades especiais e estar sempre atento a atender os fiéis e o sacerdote.

Como se nota, é uma Pastoral de múltiplas ações, por isso é importante um número grande de pessoas formando este grupo, para que não haja sobrecarga a ninguém. Ser alegre, afetuoso e prestativo são características dos leigos que participam nesta Pastoral para que, com humildade, possam servir ao próximo. Se você se sente bem em estar com o público, venha fazer parte da nossa Equipe de Acolhida, pois quando acolhemos bem o nosso irmão é a Jesus que estamos fazendo o bem!

Para informações, favor contatar-nos:
Telefone: 0221 355 6558
E-mail: secretaria@missao-portuguesa.de

• GRUPO DE LEITORES

“A Eucaristia é uma Sacramento visível e a palavra de Deus um Sacramento audível”.
Santo Agostinho

O leitor proclama, o que é diferente de ler, proclamar é fazer com que as palavras brotem do coração com simplicidade e autenticidade.
A leitura da Bíblia é um gesto sacramental, é quando o leigo se coloca a serviço de Jesus Cristo que, através da proclamação da palavra, usa a sua voz e sua comunicação para falar intimamente com o povo reunido.
Jesus Cristo fala à comunidade por meio do leitor, o Espirito Santo se faz presente na pessoa que proclama e também na assembleia, para que acolha a palavra de Deus em suas vidas.
É muito importante que o leitor esteja preparado antes de cada proclamação, pois a sua voz é a voz de Cristo na Santa Missa. Ele deve se preparar lendo, meditando, orando e comtemplando a passagem bíblica que comunicará.

Você pode fazer parte do grupo de leitores da nossa comunidade, entre em contato com a nossa secretaria paroquial.
Contato: 0221 3556558
E-mail: secretaria@missao-portuguesa.de